Probabilidade de diagnóstico e uso das células-tronco em seu bebê | Smart Stem Plus

 

Quão provável é uma cirurgia da cartilagem lesionada do joelho em adolescentes?...

...ou a perda da audição? Ou doenças tão graves quando a lesão cerebral? A primeira causa de morte infantil nos Estados Unidos. A medicina avança a largos passos e com ela avança a quantidade de doenças que podem ser tratadas com o simples ato de armazenar as células-tronco do cordão umbilical na hora do nascimento do bebê. É o que demonstram os números da Guia para Pais de Sangue do Cordão Umbilical (PGTCB por suas siglas em Inglês).

 

Além disso, os números aumentam se somarmos os familiares próximos. 70% dos transplantes que são realizados com estas células-tronco armazenadas beneficiaram não necessariamente o doador das mesmas, mas também membros diretos da sua família (irmãos e pais). Este número questiona a opinião de algumas pessoas, inclusive médicos, que argumentam que são muito poucas as possibilidades de que as células-tronco cheguem alguma vez a serem utilizadas em um tratamento.

 

 

Embora seja impossível determinar se nosso bebê ou familiares diretos terão alguma doença onde precisem usar as células-tronco presentes no sangue do cordão umbilical, é importante revisar o histórico médico da família, ele pode nos dar um indicativo da predisposição genética e possibilidades de uso. De qualquer forma, sempre é melhor tê-las, para poder recorrer a elas a qualquer momento se for necessário, do que não tê-las e precisar delas.

 

Sobre nós: 

 

A Smart Stem Plus ajuda a proteger nossos filhos de qualquer futura doença que possa ser tratada com as células-tronco presentes no sangue do cordão umbilical. É uma apólice de seguro internacional cuja proteção começa onde os seguros convencionais de saúde terminam. 

 

A Smart Stem Plus também garante a outros membros da família direta, incluindo pais e irmãos, a possibilidade de usar este recurso médico a qualquer momento, em qualquer parte do mundo, com todos os gastos cobertos.